(65) 3624-9925 | Whatsapp: (65) 98468-6153 contato@prolojavidros.com.br

Quer saber os 3 principais cuidados com um aparamento com varanda?

1. Envidraçamento

Que os vidros dão uma aparência mais sofisticada à varanda não é novidade para ninguém! Mas esse não é o único motivo pela qual os proprietários envidraçam suas janelas — eles são utilizados também para evitar a poluição, sujeira, barulho e até mesmo aumentar o espaço da sacada.

Entretanto, colocar vidro na sacada do apartamento não é uma tarefa tão simples. Primeiramente, é necessário verificar se a estrutura predial comporta esse tipo de alteração, além de analisar se há uma padronização do condomínio para o fechamento das varandas.

2. Tipo de material utilizado

São diversos os materiais utilizados para fazer o fechamento da varanda, como madeira, vidro e até mesmo tijolos. É importante que o morador não fique focado somente nas questões estéticas ao fazer sua escolha, mas que ele leve em consideração também detalhes importantes, como o tipo de acabamento da sacada, qual peso ela pode suportar e o nível de segurança do produto escolhido, por exemplo.

O vidro é o material mais usado para fechamento de sacadas. Como existem vários tipos de vidro, nossa dica é que se busque ajuda com um profissional capacitado, — ele fará cálculos levando em conta a posição do prédio, quantidade de andares, região do país, garantindo, assim, a segurança do projeto.

Os tipos de vidros mais indicados para um apartamento com varanda são o temperado e o laminado — os chamados “vidros de segurança”.

3. Agentes externos

Como compõem a área externa do prédio, as varandas ficam expostas a ação de diversos fenômenos, que acabam agredindo a sua estrutura e reduzindo a vida útil dessas construções. Entre os problemas mais comuns, estão a corrosão das ferragens, infiltrações e desgaste da estrutura.

Mas então, o que fazer para preservar as varandas? A resposta é mais simples do que você imagina: manutenção preventiva. Vistorias periódicas de profissionais especializados, limites às transformações realizadas pelos moradores e análise constante da estrutura são algumas maneiras de evitar esses contratempos.

Não se esqueça de que a sacada possui uma estrutura projetada para receber uma sobrecarga com segurança, e, por isso, qualquer mudança deve ser estudada antes de ser realizada para que, assim, os moradores possam usufruir desse local sem riscos.

Fonte: jsimoes